X

PRECISA DE AJUDA?

A Pereira entra em contato com você.

LOGIN
Licença-maternidade poderá ser de 180 dias para seguradas pela CLT - Notícias

NOTÍCIAS

Licença-maternidade poderá ser de 180 dias para seguradas pela CLT

Recentemente, o Senado Federal aprovou um projeto que prevê ampliação da licença-maternidade para mães de bebês prematuros. E nesta semana mais uma iniciativa a favor das gestantes foi aprovada pelo legislativo: a licença-maternidade pode aumentar para 180 dias a mulheres que trabalham pela CLT. 

A medida ainda não está valendo e ainda precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados. O deputado que criou o projeto argumenta que o período de seis meses dedicado à amamentação exclusiva é indicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. 

Além disso, o aumento da licença-maternidade possui respaldo científico, pois de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria os bebês que ficam seis meses ao lado da mãe têm reduzidas as chances de contrair pneumonia, desenvolver anemia e sofrer com crises de diarreia. 

Com informações do Senado Federal
 

VOLTAR